Bem-vindo, Visitante

Foto: Fábio Guerra
Foto: Fábio Guerra
Sobre a oficina O ciclo de oficinas Histórias Afro-Atlânticas abre o segundo semestre com a presença da cantora e bailarina da Guiné Conacri, Fanta Konate. Sua família é uma das representantes da cultura tradicional do Mandén, de seus tambores Djembês e Dununs e de suas danças.

A oficina contextualizará o Mandén e possibilitará aos participantes vivenciar o histórico de sua dança através das formas Ancestral e Moderna. Os Djembês e Dununs são os tambores das maiores celebrações da África Oeste, presentes no cotidiano das aldeias em batismos, trabalhos no campo, casamentos, homenagens, entre outras experiências.
Proponente
Fanta Konate é cantora, bailarina e compositora, vive atualmente no Brasil. Filha do mestre percussionista Famoudou Konate, é fundadora do Instituto África Viva. Formada nos balés de Conacri Hamaná, Fareta, Bolonta, Soleil d’Afrique, e no estilo tradicional em sua aldeia natal Sangbarala, ensinou dança em diversos projetos sociais, entre eles a organização não-governamental Médicos Sem Fronteiras na Guiné, SESC, Fábricas de Cultura e Funarte. Nos últimos 14 anos, realizou shows e oficinas de dança no Japão, Suécia, Polônia, Chile, Argentina, EUA e em 50 cidades no Brasil.
Titulo
mensagem
Ok!